UA-144022422-1
  • Wöhler

COMO O ACM CHEGOU ATÉ AQUI?

Atualizado: 28 de Fev de 2019

O Painel de alumínio composto, o nosso “queridinho” ACM, foi criado na Alemanha num trabalho conjunto entre as empresas Alusingen e BASF em 1969. Mesmo tendo uma posição natural de um produto de alto desempenho, foi somente em meados da década de 1980 que a indústria da arquitetura convencional descobriu as propriedades do ACM como material de construção, dando inicio ao seu uso extensivo. Mas a verdade é que o seu uso só ganhou enorme força, saindo da utilização apenas em edifícios comerciais e partindo para os residenciais no início dos anos 90, após a comprovação que ele poderia reduzir custos e melhorar o desempenho arquitetônico das construções, desta forma seu uso foi expandido de maneira global.



A Berliner Fernsehturm (traduzido do alemão, "torre de televisão de Berlim").

A Alusingen deteve a patente do ACM por 20 anos, de 1971 a 1991, após a expiração da patente, vários fabricantes espalhados pelo globo começaram a produzir esse notável material, período em que são encontrados registros de sua chegada ao Brasil. O curioso é que a principal utilização dele por aqui foi como revestimento externo e também interno, sendo mais uma alternativa frente aos revestimentos mais comuns utilizados na época, como madeira, cerâmica e o granito.



Exemplo do uso do ACM como revestimento.

Embora muitas marcas de ACM tenham surgido, o produto não mudou em essência ao longo dos anos. As mudanças mais significativas ocorreram na composição dos painéis de alumínio, que sofreram modificações com base nas características exigidas para determinadas áreas de uso.


A espessura total dos painéis mais usados ​​atualmente está na faixa de 3-6 mm e os compostos mais comuns são os de Núcleos PE - Esses núcleos são feitos de 100% polietileno, podendo ser auto extinguível ou antichamas.



O ACM COM PINTURA KYNAR, FABRICADO PELA PROJETOALUMÍNIO

Para torná-los mais adequados para vários tipos de aplicações, os ACMs foram desenvolvidos com diferentes tipos de tintas e revestimentos, como mostrado abaixo:


PE / FR Folhas de painel de construção / arquitetura revestidas com resina de PVDF, tinta de poliéster (XT / High Durable).


Folhas de painel revestidas com Nano PVDF


Folhas de impressão digital / painéis de sinalização revestidas com resina FEVE ou poliéster de alta qualidade.

STUDIO WÖHLER

Av. Fernando Simões Barbosa, 558

Boa Viagem - Recife - PE

51.021-060

Tel: +55 81 3204 6563

contato@wohler.com.br

WOHLER PROJECT

WOHLER SPECIAL

© 2017 por NUNES.MDB. Todos os direitos reservados.